Select Your Favourite
Category And Start Learning.

5 habilidades que um gerente de projetos deve ter

Função requer conhecimentos e técnicas específicos

Embora muitas pessoas sonham em se tornar gerentes, poucas já possuem as habilidades necessárias para assumir o cargo. Porém, quem está em uma fase da carreira que o próximo passo é a liderança, vale a pena observar e desenvolver as qualidades que faltam. 

A boa notícia é que a maior parte das habilidades podem ser aprendidas por meio de cursos e livros. As outras requerem experiência no dia a dia profissional. Então, é possível observar o que ainda não é tão bom e depois tentar aplicar na rotina. Confira! 

INSCREVA-SE GRÁTIS E RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS

Ser uma pessoa detalhista  

O gerente de projetos é a pessoa que acompanha o desenvolvimento de um trabalho do começo ao fim e de toda a equipe envolvida. Por esse motivo, é necessário que ele seja uma pessoa observadora, detalhista e exigente na medida do possível.  

Dessa maneira, ele conseguirá antever quando algo poderá não dar certo, e ajudar o time a entender o próprio papel e a importância de fazer tudo bem feito. Essa é uma habilidade que requer mais atenção do que conhecimento, no entanto, existem formas de se desenvolver isso.  

Ser uma pessoa organizada e se comunicar bem com o time são qualidades que refletem na percepção do projeto. Quando alguém tem essas características, ela tem mais facilidade de observar cada processo. 

Conhecer as ferramentas mais atuais  

Seja para acompanhar o desenvolvimento do trabalho ou compartilhar o progresso com o time, é importante contar com alguns recursos. Felizmente, agora existem várias ferramentas de gestão de projetos bastante úteis, e que são usadas na maior parte das empresas.  

Um dos softwares que mais se destaca é o Kanbanize by Businessmap. Ele possui diversos recursos como cronograma, quadra de Kanban – que permite visualizar as tarefas a serem feitas, em andamento e concluídas -, automação do fluxo de trabalho, previsão do projeto e muito mais.  

Vale notar que esse tipo de recurso é de uso comum da equipe, e não apenas do gerente. Porém, ele é o responsável pela correta utilização da ferramenta, engajamento do time para que preencham as informações e análise mais aprofundada.  

Ter uma certificação PMP  

Um aspecto bastante valorizado pelas empresas é a comprovação de conhecimentos. No caso da gestão de projetos, ela é feita de diferentes formas, como cursos. Mas há uma certificação, que tem validade mundial, que costuma ser muito requerida, a PMP. Quem é certificado PMP pode até ganhar muito mais do que quem não é.  

Para obter a certificação PMP, é necessário ter uma formação superior de quatro anos, que pode ser em qualquer área, três anos como gerente, mais de 4.500 horas de liderança e 35 horas de formação em gerenciamento de projetos. É possível ainda tirar a certificação mesmo que só tenha o diploma do ensino médio, porém, para esse caso, o tempo exigido na posição de gerente e de liderança é maior. Em todas as situações, além da experiência, é preciso fazer um exame e atingir a pontuação mínima. 

Ser uma pessoa comunicativa  

A comunicação é uma habilidade intrínseca ao cargo de gerente de projetos. Mais do que não ter vergonha de dizer o que precisa ser dito, como um feedback negativo ou uma notícia inesperada, é importante saber como comunicar. As equipes são formadas por pessoas, e todas passam por momentos difíceis em suas vidas. Por isso, se um gerente não sabe como se conectar com os outros, terá dificuldade em ser respeitado e motivar a todos a atingir o máximo da sua capacidade.  

Para ser uma pessoa que se comunica melhor, é importante ter técnica e vivência. Existem vários cursos e livros de soft skills que mostram formas de falar de maneira positiva, assertiva e incentivadora. Ao fazer um feedback, por exemplo, em vez de apontar defeitos, é importante tratar dos pontos fortes e do que o outro pode melhorar. Assim, o ouvinte se sentirá mais valorizado e engajado a mudar no que for preciso. 

Saber avaliar riscos  

Outra característica que as empresas valorizam em um gerente de projetos é o conhecimento em avaliar riscos. Esse profissional precisa saber ler o trabalho que será feito, identificar onde pode haver gargalos e prever o que poderá ser feito para cada situação. 

A ausência de uma pessoa da equipe, por exemplo, não pode ser algo que atrase tanto o projeto. Outro colaborador deve estar apto a ser remanejado e a cumprir novas tarefas. Esse é apenas um exemplo, mas no dia a dia de cada projeto diversos riscos podem surgir.  

Como se percebe, ainda que o cargo de gerente de projetos exija bastante, é possível assumi-lo com mais maturidade e confiança. Para isso, é importante que o profissional esteja ciente do que o espera e já tenha conhecimentos e técnicas para poder liderar o trabalho. 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LinkedIn
Share
WhatsApp